Ver televisão de perto ou ler com pouca luz prejudica a visão?

É normal ouvir essa afirmação dos pais, avós ou de alguém da família, com certeza, também já aconteceu com você. Mas será que essas atitudes realmente prejudicam a visão ou são somente mitos reforçados pela preocupação de nossos pais?

Antes de iniciar essa discussão, é preciso entender de onde vieram essas teorias…

Quando uma pessoa está muito próxima ao aparelho da televisão, os olhos precisam ajustar algumas estruturas internas para conseguir manter o foco e a definição da visão adequada para aquela distância, porém esse reajuste pode gerar desconforto para a região ocular, ocasionando dores de cabeças e/ou lacrimejo.

Isso também ocorre com a leitura em ambientes mais escuros, os olhos precisam se ajustar a essa situação de baixa iluminação para manter o foco e a qualidade da visão.

A luz artificial emitida pelas telas de LED de TV, computadores, celulares e tablets, se usadas no período noturno, podem influenciar no nosso ciclo circadiano, ou seja, no funcionamento do relógio biológico. Podem prejudicar o controle da vigília e do sono. Crianças que usam muito as telas durante à noite podem atrapalhar o sono e prejudicar todo o desenvolvimento e crescimento.

Já no caso de ficar muitas horas em frente ao computador, o desconforto é originado pelo excesso de luz vindo da tela, que também exige que os olhos se adequem à situação para definir a imagem da melhor maneira possível.

Mas, ver TV de perto pode forçar a vista?

Não existe risco de uma pessoa apresentar lesões oculares com a proximidade da tela e com os olhos. Esses ajustes feitos pelas estruturas do olho causam desconfortos e dores de cabeça, mas são naturais e incapazes de prejudicar a qualidade da visão.

O que realmente pode ocorrer nesses casos é o aumento do cansaço na visão e desconforto, que não resultam em problemas clínicos a longo prazo.

E ler no escuro, isso pode ser ruim para a saúde ocular?

O esforço realizado para que os olhos se adaptem à iluminação escassa pode causar um cansaço visual, mas não tem nenhuma relação com o desenvolvimento de doenças oculares. O desconforto, inclusive, costuma passar rapidamente quando a iluminação adequada é reestabelecida.

A solução para evitar esse desconforto é aumentar o foco de luz na região em que está sendo realizada a leitura, com uma iluminação direta no livro ou revista.

Faça uma avaliação regular da sua saúde ocular. Se você tem interesse em agendar uma consulta com o Dr. Edson Iramina, entre em contato.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *