Qual é a melhor lente de contato, dura ou gelatinosa?

Lentes de contato são uma alternativa para pessoas que preferem uma independência dos óculos, ou mesmo outras qualidades, como o fato de serem mais difíceis de serem esquecidas ou perdidas – uma sina que muitos usuários de óculos conhecem bem. E, felizmente, com o avanço da tecnologia, também existem opções entre as próprias lentes de contato, divididas entre rígidas e gelatinosas. Entretanto, essa opção não é meramente estética – elas possuem funções diferentes, que muitas vezes confundem algumas pessoas. Vamos entendê-las?

Lentes de contato rígidas

Embora muitas pessoas acreditem que seja a primeira opção, na verdade as lentes de contato rígidas, hoje, são reservadas apenas para alguns casos específicos, já que ela pode alterar mais o formato do olho devido à sua rigidez. Até por isso, ela também pode apresentar um leve desconforto de início, algo que ocorre com menos frequência com as lentes gelatinosas.

Entretanto, as lentes rígidas são muito mais eficientes na correção de astigmatismos mais altos ou astigmatismos irregulares, além de ser a primeira opção para o ceratocone, uma alteração problemática na curvatura da córnea. Por isso, o benefício que ela traz é bastante considerável se comparado ao eventual desconforto inicial; além de serem mais resistentes que as lentes gelatinosas, durando mais tempo e sendo de limpeza mais simples.

Atualmente existem as lentes rígidas corneanas e esclerais e a vantagem da última sobre a primeira é o conforto.

Lentes de contato gelatinosas

Já as lentes de contato gelatinosas são uma alternativa mais confortável e prática quando se trata de pessoas com olhos mais sensíveis ou com ametropias mais simples como miopia, hipermetropia e astigmatismos baixos. As lentes gelatinosas possuem mais opções de materiais, podem ser descartáveis, anuais e, esféricas ou tóricas. As lentes descartáveis podem durar entre um dia até um mês e, por isso, são mais práticas e com menos risco de infecção. As anuais podem durar até um ano, mas sua conservação deve receber atenção mais cuidadosa, para evitar problemas.

Para pessoas que possuem olhos sensíveis, as lentes de silicone hidrogel mantém os olhos lubrificados e miram no conforto do usuário. Já as lentes tóricas são usadas para casos mais específicos, como a correção de astigmatismo com a possível associação com a miopia ou hipermetropia.

Mas, antes de escolher sua lente de contato, lembre-se de sempre visitar um oftalmologista, para que ele possa diagnosticar seu problema de forma apropriada e fazer a melhor indicação para você.

Em caso de dúvidas, entre em contato com o Dr. Edson Iramina, médico oftalmologista.


Posted in Sem categoria


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *