Entenda como o diabetes pode comprometer a visão

diabetes é uma doença que causa uma série de alterações no corpo, e é uma das principais causas da cegueira. A doença atinge a retina por conta da concentração de glicose que tornam a parede dos vasos sanguíneos mais espessa, entretanto as deixam mais suscetíveis a deformidades.

Há dois tipos de retinopatia diabética:

 

• Não proliferativa: a forma inicial da doença, que pode ser detectada a partir do momento em que os vasos do fundo dos olhos estão danificados e com isso causam hemorragia e vazamento de líquidos na retina. Os pacientes podem não demonstrar nenhum sintoma visual.

 

• Proliferativa: diagnosticada quando os vasos da retina já tem comprometimento importante como deformidades, microaneurismas, sangramentos, vazamento de líquidos na região central (mácula). Este tipo apresenta grande chance de o paciente perder a visão progressivamente.

 

A retinopatia diabética pode ter início nos pacientes que apresentam o diabetes após dez anos, e está associada ao controle da concentração sérica de açúcar no sangue. O principal sintoma é a percepção de baixa visão, a partir deste momento já é indicada busca por um profissional qualificado, caso não faça acompanhamento regular com o oftalmologista.

 

Para verificar a presença da condição é feito uma avaliação da retina clinicamente e às vezes necessários outros exames complementares para verificar a extensão do problema.

 

O tratamento pode ser feito com a fotocoagulação com laser, na qual o laser é aplicado sob os olhos para destruir os novos vasos sanguíneos e vedar os que apresentam escapes.

 

Se você é diabético cuide regularmente da sua saúde ocular, não deixe para depois e agende uma consulta com o Dr. Edson Iramina.


Posted in Sem categoria


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *