Retinoblastoma: o câncer ocular da infância

retinoblastoma é um tipo de câncer que atinge os olhos durante a infância, até os cinco anos de idade. A criança pode já ter nascido com a doença ou desenvolvê-la com o passar do tempo. Trata-se de um tumor maligno que se origina das células da retina, área responsável pela formação da visão.

problema pode ser hereditário, sendo bilateral, afetando os dois olhos, ou unilateral, quando o tumor atinge apenas um deles. De acordo com o Ministério da Saúde, são cerca de quatrocentos novos casos por ano, pode gerar cegueira e até levar a criança a morte.

O principal sintoma do retinoblastoma é a leucocoria, um reflexo branco na pupila. A mancha indica que há uma fonte luminosa incidindo sobre a superfície do tumor, o que impede a passagem da luz que forma as imagens no cérebro. Com isso, o centro da visão do cérebro não se desenvolve e acaba atrofiando. A percepção da leucocoria pode ser perceptível somente com a pupila dilatada e sob luz artificial.

É importante que os pais fiquem atentos à saúde ocular de seus filhos, fazer um acompanhamento com o pediatra e com o oftalmologista, para que as doenças sejam descobertas precocemente, aumentando a chance de cura. No caso da retinoblastoma, se for diagnosticada tardiamente pode não ter cura.

Após feito o diagnóstico, existem diferentes tipos de tratamento, que dependem também do estadiamento. As alternativas são cirurgia, quimioterapia sistêmica, intravitrea e intra-arterial. A melhor opção será escolhida sempre com o objetivo de manter a visão dos olhos e salvar a vida da criança.

Cuide da saúde ocular do seu filho! Entre em contato com o Dr. Edson Iramina para agendar uma consulta.


Posted in Sem categoria


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *