Doenças oculares e diabetes

Existe uma estreita relação entre pessoas que sofrem com diabetes e o desenvolvimento de doenças oculares. A alta concentração de glicose devido aos problemas de produção de insulina pelas pessoas diabéticas pode prejudicar bastante os vasos sanguíneos de todo o corpo. Isso é particularmente ruim para os olhos, cujos vasos sanguíneos são bastante sensíveis e, ao serem prejudicados, também prejudicam a visão.

De fato, pessoas que sofrem com diabetes apresentam alterações oftalmológicas com uma frequência muito maior do que outros grupos: cerca de 40% a mais no caso de glaucomas, e até mesmo 60% quando se trata de catarata. Não somente isso, mas o diabetes também pode provocar problemas oculares característicos dessa condição que, assim como o glaucoma e catarata, se não tratados podem levar à perda total da visão.

São eles:

– Retinopatia diabética: É uma doença de progressão lenta e, de início, não apresenta sintomas claros, o que pode ser perigoso, já que o paciente tende a ignorar esses sinais. Quando evolui para formas mais agressivas, a retinopatia pode causar hemorragias, descolamento da retina e formação de membranas opacas. Em casos extremos, perda de visão parcial ou total. Essa doença é particularmente comum em quem sofre com o diabetes há mais de 20 anos.

Na retinopatia, a alta taxa de glicose no sangue acaba provocando o rompimento dos vasos sanguíneos dos olhos. Isso pode causar um sangramento abrupto na retina com diminuição imediata da Acuidade Visual, é a chamada Hemorragia Vítrea.

– Edema macular diabético: É um problema consequente da retinopatia. Recebe esse nome pois atinge a mácula região do olho responsável por levar a imagem ao cérebro. Ou seja, é a área da retina responsável pela visão central nítida, usada para ler, reconhecer rostos, cores e dirigir. Tratando-se de um edema, envolve a perda de fluidos da mácula. Ela evolui de forma similar à retinopatia, pois o progresso da perda de fluido pode eventualmente causar cegueira.

Esse tipo de edema é particularmente perigoso, pois ele se “esconde” na retinopatia, podendo acontecer em qualquer momento desta. Metade das pessoas que sofrem com retinopatia eventualmente desenvolvem um edema macular diabético. Da mesma forma, seus sintomas não são percebidos até se tornarem mais graves, quando a visão começa a ficar deformada.

Se você sofre com diabetes, além de manter a glicemia bem controlada é muito importante ficar atento a sua visão. Entre em contato com um oftalmologista agora e agende exames preventivos. O Dr. Edson Iramina está pronto para atendê-los.


Posted in Sem categoria


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *